Sobre a obra Paisagem e Gênero

A experiência do Livro

No ano de 2019 o Grupo Paisagens Híbridas da UFRJ e a Faculdade Turismo da UFPA integraram ideias e construíram o evento com temas relacionados a Paisagem e o Gênero e, desse evento surge o livro com trabalhos de diferentes pesquisadoras e pesquisadores das áreas das Artes, Antropologia, Turismo, Arquitetura entre outros.

O livro foi uma experiência ímpar, uma vez que conseguiu agregar diversas visões do binômio conceitual paisagem e gênero, até então pouco discutido, no campo disciplinar do Turismo. Assim, compartilho o que escutei, li e aquilo que ficou dos diálogos firmados com as outras saberes. Destaco por fim que, o exercício conceitual de organizar essa obra com outros professores Rubens de Andrade e Aldones Nino acrescentaram camadas valiosas para o debate de um tema urgente e necessário nesses tempos.

Trago aqui registros dos pesquisadores de Belém/PA que estiveram no evento e contribuíram, a partir de suas pesquisas, com ensaios publicados no livro. Foi uma troca significativa de sabres em diferentes percepções acadêmicas. A receptividade da obra no âmbito acadêmico tem sido distinta e já indica novos movimentos para a segunda edição do Evento em 2021 em Brasília. O livro alcançou propósitos relevantes como produto final dos momentos de diálogos que os encontros de 2019 proporcionaram.

Professora Drª. Helena Doris Barbosa, Bacharel em Turismo e Cientista Social (UFPA), contribuiu para esse projeto editorial com o ensaio Os invisíveis na cidade: patrimônio, lazer e turismo para quem? Helena descreveu a experiência de seus projetos de extensão em Belém com enfoque no estudo do lazer e o turismo na capital paraense e suas relações com as camadas fragilizadas.

Turismóloga
Prof.ª Dr.ª Helena Doris Barbosa

Denise Cardoso, Historiadora (UFPA) e docente do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (UFPA) no texto Corpo, gênero e discurso, oferece ao leitor uma discussão conceitual do estudo do Gênero, a partir dos instrumentais do campo disciplinar da Antropologia.

Historiadora
Prof.ª Drª Denise Cardoso

Milton Ribeiro,  docente do curso de Ciências Sociais da Universidade do Estado do Pará, vinculado à linha de Antropologia desenvolve em seu ensaio Patrimônio, paisagem urbana & sexualidade em Belém, uma leitura etnográfica sobre a Festa Chiquita em Belém do Pará, vale destacar que esse evento popular está inserido na quadra de festividades religiosas e culturais de Belém do Círio de Nazaré. O debate apresentado pelo pesquisador indica marcadores conceituais instigantes para pensar o binômios paisagem e gênero no contexto urbano da capital paraense.

Antropologo
Prof. Ms. Milton Ribeiro Filho

E por fim, ressalto minha vivencia, além de ser uma das organizadoras do evento em 2019. Também como autora do artigo sobre Emília Snethlage e sua trajetória no Museu Paraense Emílio Goeldi. O texto é parte da minha tese de doutorado. A experiência de organizar uma obra foi um exercício importante de conhecimento acadêmico e profissional. Desejo que todos e todas possam ler essa obra e desfrutar dos demais ensaio.