IV Ciclo de Palestras | EAU-UFF

A paisagem não é apenas vista, mas percebida
por outros sentidos, cuja intervenção
não faz confirmar e enriquecer a dimensão
subjetiva desse espaço, sentido em múltiplas
maneiras e, por conseguinte, também experimentado.

Michel Collot (Poética e filosofia da paisagem, 2012).

O Ciclo de Palestras Paisagens Multifuncionais chega a sua quarta edição colhendo ganhos acadêmicos significativos. Para além da pluralidade de temas e da diversidade de pesquisadores e profissionais que o ciclo segue reunindo, interpretamos que, tanto os graduandos, como as abordagens do recorte temático trazidas, têm conseguido, entre outras coisas, (i) alinhar questões referentes ao planejamento da paisagem; (ii) atualizar a discussão de paisagismo stricto sensu e,  talvez, o mais relevante; (iii) posicionar o olhar do arquiteto que está  em processo de  formação ante exigências que giram em torno do planejamento da paisagem.

No interesse de tratar a disciplina de planejamento paisagístico como um dos elementos centrais e, não apenas uma ferramenta ou um dispositivo coadjuvante para atender às bases do projeto de arquitetura, a proposta do ciclo de palestras apresenta, a partir de uma perspectiva interdisciplinar, um panorama de métodos e de ações de qualificação do ambiente, considerando, para tanto, não apenas as características ambientais e espaciais, mas, também, as relações de convivialidade que se estabelecem no tecido urbano.

Michel Collot, em Poética e filosofia da paisagem (2012), reacende o debate sobre paisagem e ambiente, colocando em jogo elementos discursivos que, se não são inéditos, ao menos indicam caminhos instigantes para pensar o campo de estudo em questão sob a ótica de um poeta e literato. Ao longo dessa obra, ele apresenta um conjunto de ideias valiosas para pensar a complexa teia de processos que se manifestam no tempo espaço contemporâneo. A abordagem temática de Collot, há muito explorada por outros pesquisadores, ganha uma camada espessa quando o autor põe o assunto sob o foco de sua lente reflexiva, destacando apontamentos que tratam os dualismos que se manifestam no ambiente socialmente construído.

Nesse ínterim, Collot situou, lado a lado, abordagens que põem em discussão aspectos direcionados às esferas do sensível e do sentido, do visível e do invisível, do sujeito e do objeto, do espaço e do pensamento, do corpo e do espírito, da sociedade e da cultura, e, por fim, da experiência e da expressão, criando, assim, um mosaico de ideias que indica as complexidades presentes no processo de apreensão e vivência desses espaços pela sociedade.

As ideias de Collot mostram-se também como uma tentativa, ainda que relativizada, de:

a) ultrapassar a visão dualista;

b) de expandir a percepção para os outros agentes que se manifestam na construção da paisagem, sejam eles materiais ou imateriais e;

c) exercitar a vigilância epistemológica acerca das argumentações teóricas, metodológicas e projetuais que favoreçam a visão real entre as partes e o todo (e vice-versa), quando o assunto é o planejamento da paisagem.

Os referenciais indicados por Collot não dizem respeito, necessariamente, ao projeto e à construção de ambientes no plano da arquitetura da paisagem stricto sensu. Todavia, a visão que nos foi apresentada oferece quadrantes instigantes que, para além de movimentar conceitualmente o debate crítico sobre a temática paisagem e ambiente, fez-nos usufruir de tais ideias e, mais do que isso, apresentou meios e modos de integrá-las às escolhas a serem tomadas quando o assunto está no âmbito do planejamento da paisagem.

A quarta edição do Ciclo de Palestras Paisagens Multifuncionais apresenta dez abordagens que tratarão das aproximações possíveis entre o pensamento-paisagem e os processos que definem a ideação de projetos e a sua efetivação no ambiente construído. Nessa ótica, deve-se considerar que existe uma cadeia de complexas relações que tensionam a paisagem, desde manifestações socioculturais que delimitam e friccionam o tecido social, como também o que nesse ambiente se espelha, os elementos físicos que desenham a paisagem e influenciam os sentidos e as formas de apropriação da paisagem daqueles que nela definem as suas histórias de vida.

O desdobramento de toda essa perspectiva segue oferecendo argumentos orientados por aportes teóricos que envolvem também a produção da cidade como artefato e o pensar-paisagem como genes, ou seja, como umprocesso codificado porquestões próprias cujas alterações são constantes e sistêmicas. Nessa perspectiva, toda essa pauta temática torna-se elemento contingencial à implantação de sítios paisagísticos que pretendem ser construídos à luz do constructo teórico do campo disciplinar dos estudos da arquitetura da paisagem e do paisagístico stricto sensu.

O leque de discussões e de indagações abertos permite a renovação das matrizes projetuais que, por si só, apontam para ordens teórico-conceituais no mínimo comprometidas em conceber processos de construções de ambientes, com desempenho paisagístico, comprometidos com uma pauta em que aspectos ambientais, culturais e históricos, vistos a partir de uma visão transdisciplinar, despontem como instrumentos essenciais para a construção de paisagens. Tal aspecto, além de revelar a importância do paisagismo no plano sociocultural e histórico, responde também a demandas de uma cidade contemporânea que, a cada dia, ganha mais e maior complexidade no seu cotidiano (BRAGA, ANDRADE, 2017). 

Para tanto, os recortes temáticos propostos por docentes, pesquisadores e profissionais que atuam no campo da arquitetura, do urbanismo, do paisagismo e das demais áreas afins, agora expande seu limite, e vai para além.

Flavia Braga

Objetivos

O Ciclo de Palestras tem como objetivo principal promover a reflexão e a discussão dos diferentes aportes conceituais e práticos que resultam da ação projetual sobre a paisagem. Com base nas propostas de discussão, teremos temáticas distintas sendo amalgamadas pelo processo crítico-reflexivo do pensar-paisagem e projetaremos em sua complexidade, e em diferentes escalas.

Paisagens multifuncionais 

O Ciclo de Palestras está  vinculado ao Projeto Lote e quadra. Cidade e território: múltiplas escalas do projeto paisagístico e integra-se à linha de pesquisa Cidade, Processos de Urbanização e Ambiente do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU-EAUUFF). O Ciclo, realizado semestralmente no âmbito da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense (EAU/UFF), visa desenvolver na graduação um olhar reflexivo sobre as diversas discursivas sobre a paisagem, ampliando sua abordagem teórico-conceitual e os desdobramentos nas práticas que envolvem a formulação do projeto paisagístico em suas diferentes escalas. 

Programação

Agosto 
Dia 28 | 14h00 Bruno Ragi | Arquiteto Urbanista | SEL-RJ-Proarq-FAU/UFRJ
Os espaços livres na paisagem urbana: uma avaliação das pracialidades no subúrbio ferroviário do Rio de Janeiro

Mediadora | Profa. Clarissa Moreira | EAU/UFF
Setembro
Dia 04 | 14h00 Prof. Iazana Guizzo | Arquiteta e Urbanista | Universidade Santa Úrsula

Reativar Territórios: a metamorfose necessária do projeto

Mediadora | Prof. Cristina Nacif | EAU/UFF
Dia 11 | 14:00Prof. Karla Caser | Arquiteta e Urbanista | FAU-UFES

Pensando o projeto paisagístico contemporâneo através da sua interface com a arquitetura

Mediadora | Profa. Adriana Caúla | EAU/UFF
Dia 25 | 14:00Arquiteta Cristina Coelho | Fio Cruz

Projeto como instrumento de integração espacial: a produção e a preservação da paisagem


Mediadora | Profa. Ana Carmen Amorim
Dia 26 | 11:00Alda Azevedo | Arquiteta e Urbanista | GPPH-EBA/UFRJ

Paisagem e prática paisagística: a requalificação da Praça da Revolução, AC

Mediador | Porf. Jorge Baptista Azevedo | Arquiteto e Urbanista | EAU-UFF
Outubro
Dia 10 | 11h00Aldones Nino | Historiador da Arte | GPPH

Ditaduras e memória:tensionamentos entre experiência e monumento na América Latina

Mediadora
Rossana Brandão | Arquiteta e Urbanista | EAU/UFF
Dia 16 | 14h00Denise Pinheiro | Arquiteta e Urbanista

Mediador
Prof. Jorge Crichyno | Arquiteto e Urbanista | EAU/UFF
Dia 30 | 14:00Prof. Rogério Caderman | Arquiteto e Urbanista | SEL-RJ-Proarq-FAU/UFRJ

Mediador
Prof. Guilherme Figueiredo | Arquiteto e Urbanista | EAU/UFF
Novembro
Dia 13 | 14:00Leonardo Melo

Mediadora
Prof. Eloisa Araujo | Arquiteta Urbanista | EAU/UFF

Local

Auditório do Chalé
Rua Passo da Pátria 156 | São Domingos, Niterói.
CEP: 24210-240

Docentes e Pesquisadores

  
P A L E S T R A N T E S
Alda Azevedo | Arquiteta e Urbanista, Mestra em Desenvolvimento Urbano (MDU/UFPE) e Doutora em Arquitetura pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura(PROARQ-FAU/UFRJ).
Aldones Nino | Bacharel e Licenciado em Filosofia, Mestre em História, Política e Bens Culturais pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil - CPDOC-FGV, Doutorando em Historia y Arte pela Escuela Internacional de Posgrado de la Univer­sidad de Granada e pelo Programa de Pós Graduação em Artes Visuais – EBA/UFRJ, Graduando em História da Arte pela Escola de Belas Artes/EBA/UFRJ, Pesquisador do Grupo de Pesquisas Paisagens Híbridas – GPPH-EBA/UFRJ.
Bruno Ragi Eis Mendonça | Arquitetura e Urbanismo, Pós-graduado em Engenharia Urbana pela Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro - POLI/UFRJ, Mestre em Arquitetura (Programa de Pós Graduação em Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro - PROARQ/UFRJ).
Cristina Coelho | Arquiteta e Urbanista, Chefe Departamento de Patrimônio Histórico da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz. Especialista em Conservação e Restauração de Edifícios e Conjuntos Históricos pela Universidade Federal da Bahia, Mestre em Arquitetura, com ênfase em História e Preservação do Patrimônio Cultural (Proarq-FAU/UFRJ).
Débora Santana | Geógrafa, Doutora e Planejamento Urbano e Regional (Instituto de Pesquisa de Planejamento Urbano e Regional - PPUR-UFRJ), Pesquisadora dos Grupos de Pesquisas ETHUS-UFF e Paisagens Híbridas (GPPH_EBA/UFRJ).
Denise Pinheiro da Costa | Arquiteta e Urbanista, Especialista em Gestão Ambiental pela Escola Politécnica de Engenharia UFRJ (Coope/PNUMA), Mestre em Arquitetura Paisagística pelo Programa de Pós-Graduação em Urbanismo (PROURB-FAU/UFRJ).
Iazana Guizzo | Arquiteta e Urbanista, Mestre pelo programa de pós-graduação em Psicologia (UFF) e Doutora em urbanismo pelo Programa de Pós-Graduação em Urbanismo (PROURB-FAU/UFRJ) Coordenadora e professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Santa Úrsula,participa do escritório Terceira Margem: arquitetura e singularidades.
Karla Caser | Arquitetura Urbanista (Universidade Federal do Espírito Santo - UFES), Mestrado em Arquitetura e Urbanismo (Universidade de São Paulo), Doutora em Arquitetura da Paisagem/Sustentabilidade de Comunidades - University Of Guelph. Docente da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).
Leonardo de Jesus Melo | Doutor em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE/UFRJ) em co-orientação com o Instituto Superior Técnico de Lisboa (IST) e Bacharel em Administração de Empresas pela Escola de Negócios da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (IAG/PUC-Rio). Gerente de Desenvolvimento Institucional do Parque Tecnológico da UFRJ. Profissional em relações governamentais, institucionais e desenvolvimento de novos negócios no campo da inovação e do desenvolvimento urbano sustentável de cidades, regiões e empresas.
Rogério Caderman | Arquiteto e Urbanista, Mestre em Arquitetura e Doutor em Arquitetura (Programa de Pós-Graduação em Arquitetura -PROARQ-FAU/UFRJ), pesquisador e Docente colaborador no Mestrado profissional do PROARQ/FAU/UFRJ, docente da Universidade Veiga de Almeida, Conselheiro Estadual Titular do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro(CAU-RJ).
M E D I A D O R E S
Ana Carmen Aamorim | Arquiteta e Urbanista, Mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado no Programa de Pós-graduação em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Docente da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Escola de Arquitetura e Urbanismo EAU/UFF.
Clarissa Moreira |Arquiteta e Urbanista, Mestre em Urbanismo no Programa de Pós-Graduação em Urbanismo (PROURB/UFRJ), Doutora em Filosofia da Arte e da Arquitetura, Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne.
Cristina Lontra Nacif | Arquiteta e Urbanista, Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e em História Social da Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Guilherme Figueiredo | Arquiteto e Urbanista; Professor Adjunto do Departamento de Arquitetura da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense; Doutor e Mestre em Arquitetura (Programa de Pós-Graduação em Arquitetura – PROARQ-FAU/UFRJ.
Eloisa Araujo | Arquiteta e urbanista; Professora Adjunta do Departamento de Urbanismo da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense e do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo – PPGAU/UFF; Doutora em Urbanismo pela UFRJ/FAU/PROURB e Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Jorge Crichyno Pinto | Arquiteto e Urbanista, Especialista em Planejamento Ambiental e Metodologia do Ensino Superior pela Universidade Federal Fluminense, Mestre em Ciência Ambiental e Doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal Fluminense. Professor Adjunto da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Escola de Arquitetura e Urbanismo EAU/UFF.
Jorge Baptista de Azevedo | Arquiteto e Urbanista.Mestre em Educação e Doutor em Geografia pela Universidade Federal Fluminense - UFF. Pós-doutorado pela Université Paris 8 Vincennes Saint-Denis, França. Docente da Escola de Arquitetura e Urbanismo - EAU/UFF. Vice-coordenador do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo.
Rossana Brandão | Arquiteta e Urbanista, Especialista em Planejamento e Uso do Solo pela Instituto de Planejamento Urbano e Regional - IPPUR/UFRJU, Mestre em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR/UFRJ e Doutora em Urbanismo pelo PROURB/UFRJ.Professora Adjunta da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense EAU/UFF e professora colaboradora do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIGRANRIO.
C O O R D E N A Ç Ã O
Flavia Braga | Paisagista (Escola de Belas Artes - EBA/UFRJ), Arquiteta e Urbanista pelo Instituto Metodista Bennett, Mestre em Arquitetura pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura (PROARQ-FAU -UFRJ), Doutora em Urbanismo Programa de Pós-Graduação em Urbanismo – PROURB-FAU/UFRJ. Professora Adjunta da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense (EAU-UFF).

Créditos

Projeto e Coordenação | Profa. Dra. Flavia Braga | EAU/UFF
Projeto Lote e quadra, Cidade e território: múltiplas escalas do projeto paisagístico

Realização
Universidade Federal Fluminense – UFF
Escola de Arquitura e Urbanismo – EAU

Parceiros
Grupo de Pesquisa Paisagens Híbridas

Monitora | Camila de Figueiredo Avesani