Arte e espaço público | História da Arte | 2019-1

Prof. Rubens de Andrade | BAH-EBA/UFRJ   
Vitor Vidal* | Pesquisador Convidado | Grupo de Pesquisas Paisagens Híbridas - GPPH-EBA/UFRJ

Código: BAH474 | Carga Horária Semanal: 3h | Carga Horária Semestral 45h -Créditos: 3
Sexta-feira:  07:00 às 10:00 – Sala H205 – Faculdade de Letras – UFRJ

O Curso

Exame crítico da arte presente nos espaços públicos a partir de obras, artistas e movimentos artísticos em diferentes escalas espaço-temporal na cidade. Análise de múltiplas manifestações no campo ampliado das artes visuais, seus processos de criação e representação, considerando as interações e interdependências entre arte urbana e sociedade. Redimensionamento das estratégias de ampliação da categoria tradicional das artes visuais a partir de processos de interferências arquitetônica, pictóricas, escultóricas e dos demais meios de representação que se manifestam no ambiente urbano (arte efêmera, vídeo-escultura, foto-escultura, instalações, ocupações, performaces).

*Doutorando em Artes Visuais pelo Programa de Pós-graduação em Artes Visuais – PPGAV-EBA/UFRJ, na linha de pesquisa em História e Crítica da Arte. Mestre em Estudos Contemporâneos das Artes pelo PPGCA-UFF. Bacharel em História da Arte pela Escola de Belas Artes da UFRJ. Temas de interesse: arte moderna e contemporânea; arte no Brasil século XX e XXI; arte japonesa; teoria e crítica da arte no século XX.

Programa

Sessão de AulaDiaRecorte Temáticos
22MARA arte urbana: deslocamentos e expansões conceituais
BARCELLOS, Vera Chaves. Arte pública: um conceito expandido. In: ALVES, José Francisco. Experiências em arte pública: memória e atualidade. Porto Alegre: Artfolio e Editora da Cidade, 2008, (p. 62 -69).

CHIRON, Eliane; REY, Rey O íntimo, o privado, o público na arte contemporânea In: Porto Arte: Revista de artes visuais - Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais Instituto de Artes da UFRGS (p.167-180).https://seer.ufrgs.br/PortoArte/article/view/80125/46993


Texto Complementar
RIBEIRO, Ana Clara Torres. Dança dos Sentidos – na busca de alguns gestos. In: BRITTO, Fabiana Dultra; JACQUES, Paola, Berentein (Org.). Corpocidade: debates, ações e articulações. Salvador: Sdufba, 2009, (p. 25-41)

ABREU, José Guilherme. As origens históricas da arte pública In: em>In: Revista de Ciências da Arte, N.º1, Arte Pública, 2015. (p.14-27).
29MARA obra de arte urbana e as migrações transculturais
KOOLHAS, Rem. Junkspace In. Revista Serrote. n°. 9. Rio de Janeiro: IMS, 2011. (p.195-213).

VIRILIO, Paul. O espaço crítico. São Paulo: Editora 34, 2014. [A cidade superexposta, p. 7-23; Fratura morfológica, p. 25-38].

Texto complementar
REZENDE. José. O que seria uma arte privada? In: ALVES, José Francisco. Experiências em Arte Pública: Memória e Atualidade. Porto Alegre: Artfolio e Editora da Cidade, 2008 (p. 46 -53).
05ABRAs vanguardas artísticas e seus reflexos na urbanidade contemporânea
OITICICA, Hélio. A transição da cor do quadro para o espaço e o sentido de construtividade In: COTRIM, Cecilia; FERREIRA, Glória (org.). Escritos de artistas: anos 60/70. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

MORAIS, Frederico. Contra a arte afluente: o corpo é o motor da "obra" In: BASBAUM, Ricardo (org.). Arte contemporânea brasileira: texturas, dicções, ficções estratégias. Rio de Janeiro: Rios Ambiciosos, 2001.

Texto complementar
PEIXOTO, Nelson Brissac. Arte & Cidade, 1998 In: FERREIRA, Glória (org.). Crítica de Arte no Brasil: Temáticas Contemporâneas. Rio de Janeiro, Funarte, 2006.
12ABRArte urbana e as múltiplas escalas de intervenção no cidade: experiências políticas e socioespaciais
ABREU, José Guilherme. Arte pública e lugares de memória In: Revista da Faculdade de Letras. Porto: 2005. I Série vol. IV. (p. 215-234). http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4944.pdf

SCHULZ, Christian Norberg. O fenômeno do lugar In: NESBITT, Kate (Org.). Uma nova agenda para a arquitetura – antologia teórica, 1965-1995. São Paulo: Cosac Naify. 2008, (p. 443-461).

Texto Complementar

LYNCH, Kevin. A imagem da cidade. São Paulo: Martins Fontes, 1997. [A imagem do ambiente, p. 1-15].
26ABRA cidade e os novos Centros Cerimôniais: patrimonialização da paisagem através da arte urbana
03MAISeminário I:
10MAINão Haverá Aula
17MAIArte e ativismo: passeatas, manifestações e ocupações
BYUNG-CHUL, Han. Sociedade da transparência. Petrópolis: Vozes, 2017, [Sociedade da exposição, p. 27-38; Sociedade da Evidência, p. 39-50; Sociedade da Informação, p. 87-96].

MESQUITA. Andre Luiz. Insurgências poéticas: arte ativista e ação coletiva (1990-2000). Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo, 2008, (Arte do protesto, p. 163-185).http://www.espiral.fau.usp.br/arquivos-artigos/2008-dissertacao_Andre_Mesquita.pdf

Texto complementar
HARVEY, David. A liberdade da cidade In: Urbânia : São Paulo: Editora Pressa, 2008,(p.10-17).
24MAITrânsito de corpos na cidade: a arte “de rua" e festas urbanas
FONTES, Adriana Sansão. Intervenções temporárias, marcas permanentes. Apropriação, arte e festa na cidade contemporânea. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013, [Apropriações espontâneas, p. 113-150).

SANT´ANNA, Cristina Nunes de. O réveillon nosso de cada ano novo: um megaevento em discussão In: Revista ECO-Pós. Dossiê Realismo Especulativo, ISSN 2175-8689, v. 21, n. 2, 2018. DOI: 10.29146/eco-pos.v21i2.12154 https://revistas.ufrj.br/index.php/eco_pos/article/view/12154/11821

Texto complementar
SARLO, Beatriz. A cidade vista: mercadorias e cultura urbana. São Paulo: Martins Fontes, 2014. [O falso, o autêntico e o que esta no meio caminho, p.183-193; A cidade cultural, p. 194-202].
31MAINão Haverá Aula
07JUNNos muros da cidade: HQ´s e grafites – entre a poesia, o protesto e a ficção
KENDALL, João. Graffiti, street art e arte urbana na era digital In: ABREU, José Guilherme; CASTRO, Laura. Arte pública na era da criatividade digital, Porto: Editora Católica do Porto, 2017,(p. 81-87).

LUZ, Ângela Ancora da, A arte de José Datrino, o “profeta gentileza”, e suas
56 inscrições nas pilastras do viaduto da Avenida Brasil no Rio de Janeiro In: Revista de Ciências da Arte, N.º1, Arte Pública, 2015, (p. 177-187).

Texto complementar
NAVARRO, Gustavo Rico. Avelina y el grafitero In: Esferapública, Guadalajara, 2018/08/08.http://esferapublica.org/nfblog/avelina-y-el-grafitero/
14JUNCibercultura e arte na cidade: um mundo sem fronteiras
FELICE, Mássimo di. Paisagens pós-urbanas. São Paulo: Annablume: 2009, [O habitar transorgânico, p. 245-264].

RENA, Natacha. Arte espaço e biopolítica In: OLIVEIRA, Bruno; CUNHA, Maria Helena; RENA; Natacha (Orgs.). Arte e espaço: uma situação política do século XXI. Belo Horizonte: DUO Editorial, 2015,(p. 22-75).
21JUNArte urbana e paisagens híbridas: a disseminação de movimentos artísticos na esteticização da cidade
MAGNAVITA, Pasqualino Magnavita. Subjetividade, corpo e cidade In: JACQUES, BRITTO, Fabiana Dultra; DRUMMOND, Whashigton(Org.).Experiências metodológicas para compreensão da complexidade da cidade contemporânea. Salvador: EDUFBA, 2015 (Coleção PRONEM), (p.17-46).

JEUDY, Henri-Pierre.Reparar: uma nova ideologia cultural e política? In: JEUDY,Henri Pierre; JACQUES, Paola Berenstein Corpos e cenários urbanos: Territórios urbanos e políticas culturais. Salvador: EDUFBA; PPG-AU/FAUFBA, 2006,(p. 13-23).

Texto complemetar
AUGÊ, Marc. Não lugares: introdução a uma antropologia da supermodernidade. São Paulo: Papirus, 2017, [Dos lugares aos não lugares, p. 71-105).
28JUNS E M I N Á R I O II

Referências

ABREU, José Guilherme; CASTRO, Laura. Arte pública na era da criatividade digital, Porto: Editora Católica do Porto, 2017.

ALVES, José Francisco. Experiências em arte pública: memória e atualidade. Porto Alegre: Artfolio e Editora da Cidade, 2008.

AUGÊ, Marc. Não lugares: introdução a uma antropologia da supermodernidade. São Paulo: Papirus, 2017.

BRITTO, Fabiana Dultra; JACQUES, Paola, Berentein (Org.). Corpocidade: debates,ações e articulações. Salvador: Sdufba, 2009.BYUNG-CHUL, Han. Sociedade da transparência. Petrópolis: Vozes, 2017.

FELICE, Mássimo di. Paisagens pós-urbanas. São Paulo: Annablume: 2009.

FONTES, Adriana Sansão. Intervenções temporárias, marcas permanentes. Apropriação, arte e festa na cidade contemporânea. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013.

JACQUES, BRITTO, Fabiana Dultra; DRUMMOND, Whashigton (Org.). Experiências metodológicas para compreensão da complexidade da cidade contemporânea. Salvador: EDUFBA, 2015 (Coleção PRONEM).

JEUDY, Henri-Pierre. Espelho das cidades. Rio de Janeiro: Casa da Palavra: 2005.

JEUDY, Henri Pierre; JACQUES, Paola Berenstein. Corpos e cenários urbanos: Territórios urbanos e políticas culturais. Salvador: EDUFBA; PPG-AU/FAUFBA, 2006.

MESQUITA. Andre Luiz. Insurgências poéticas: arte ativista e ação coletiva (1990-2000). Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo, 2008.

NAVARRO, Gustavo Rico. Avelina y el grafitero In: Esferapública, Guadalajara, 2018/08/08.http://esferapublica.org/nfblog/avelina-y-el-grafitero/

NESBITT, Kate (Org.). Uma nova agenda para a arquitetura – antologia teórica, 1965-1995. São Paulo: Cosac Naify. 2008.

LYNCH, Kevin. A imagem da cidade. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

OLIVEIRA, Bruno; CUNHA, Maria Helena; RENA; Natacha (Orgs.). Arte e espaço: uma situação política do século XXI. Belo Horizonte: DUO Editorial, 2015.

Revista da Faculdade de Letras. Porto: 2005. I Série v. IV.

Revista de Ciências da Arte, N.º1, Arte Pública. Lisboa: 2015.

Revista ECO-Pós. Dossiê Realismo Especulativo – ISSN 2175-8689 – v. 21, n. 2.

Revista Serrote. n°. 9. Rio de Janeiro: IMS, 2011.

SARLO, Beatriz. A cidade vista: mercadorias e cultura urbana. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

VIRILIO, Paul. O espaço crítico. São Paulo: Editora 34, 2014.

Paisagista pela Escola de Belas Artes/Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestre em Ciências da Arquitetura pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura – ProArq – FAU/UFRJ. Doutor em Planejamento Urbano e Regional pelo Programa de Pós-Graduação de Planejamento Urbano e Regional ? IPPUR/UFRJ. Professor Adjunto da Escola de Belas Artes/UFRJ, no Curso de História da Arte. Atua como Coordenador do Grupo de Pesquisas História do Paisagismo- EBA/UFRJ.

Escola de Belas Artes| Universidade Federal do Rio de Janeiro